Novidades

Capital Inicial se debate entre a mudança e a acomodação em mais duas músicas inéditas do álbum ‘Sonora’

Na visão dos detratores do Capital Inicial, os versos que compõem o refrão de Atenção – uma das duas músicas inéditas lançadas hoje, 5 de outubro de 2018, pela banda brasiliense – bem podem se referir ao próprio Capital Inicial.

Seja como for, justiça seja feita, Dinho Ouro Preto (voz), Fê Lemos (bateria), Flávio Lemos (baixo) e Yves Passarell (guitarra) estão procurando se renovar na produção e na apresentação do vindouro álbum de músicas inéditas Sonora.

Do repertório deste disco autoral, o quarteto já revelou anteriormente as músicas Não me olhe assim (Dinho Ouro Preto e Alvin L), Tudo vai mudar (Dinho Ouro Preto, Kiko Zambianchi e Alvin L), Seja o céu (Dinho Ouro Preto, Alvin L e Thiago Castanho) – a mais inspirada da safra atual, por ora – e Tempestade (Dinho Ouro Preto, Alvin L e Thiago Castanho).

Capa do single duplo 'Sonora 2', do Capital Inicial — Foto: Divulgação / Sony MusicCapa do single duplo 'Sonora 2', do Capital Inicial — Foto: Divulgação / Sony Music

Capa do single duplo ‘Sonora 2’, do Capital Inicial — Foto: Divulgação / Sony Music

Atenção é rock (bem) pop composto por Dinho Ouro Preto e pelo habitual parceiro Alvin L com Lucas Silveira, produtor do álbum. Atençãochegou hoje às plataformas digitais em single duplo no qual a banda apresenta outra música do disco, Nada vai te machucar, boa balada composta por Dinho com Alvin e embebida em ambiência roqueira que sinaliza sutis mudanças de timbres no pop do Capital sem de fato alterar substancialmente o produto final.

“Se eu pudesse mudar / Não iria mudar / Deixe tudo como está”, canta Dinho Ouro Preto em Nada vai ter machucar, dando voz a outros versos que oferecem munição para quem detecta acomodação até nessa tentativa de mudança que pauta atualmente a já longeva trajetória do Capital Inicial.
Fonte: Mauro Ferreira G1

Deixe seu comentário